Terapias eficazes para a Vitiligo.

Existem diversas terapias eficazes na diminuição da vitiligo: cosmética natural, fototerapia UV, transplantes de pele, terapias psicológicas, etc.

Leucoderma, também conhecida como vitiligo é um problema dermatológico, por vezes embaraçante, caracterizado pelo progressivo esbranquiçamento ou despigmentação da pele. Normalmente, o esbranquiçamento da pele manifesta-se em pequenas manchas que, com o decorrer do tempo, acabam por se tornarem maiores e emergir em outras zonas do corpo.

Quem tenha vitiligo terá de lidar com este problema para o resto da sua vida, pois ainda não foi descoberta nenhuma droga capaz de curar completamente este problema. Existem contudo terapias bastante eficazes em travar a diminuição da pigmentação da pele. Os tratamentos mais comuns são a fototerapia UV e a aplicação de cremes ou pomadas   de corticosteróides nas zonas despigmentadas.

Existe porém um perigo na utilização da fototerapia UV para o tratamento da vitiligo, pois essa condição poderá piorar se a pele do paciente é exposta a uma sobre-dosagem de raios UV. É por isso que este tipo de tratamento somente deverá ser realizado numa clínica ou hospital devidamente equipado e sob supervisão de um médico especialista.

O seu médico também pode recomendar o uso de agentes reativos suaves para acelerar a pigmentação da pele. Submeter-se a terapia com raios UV não significa que você pode expor-se ao sol sem problemas. Pelo contrário, se tiver de se expor ao sol deverá ter o cuidado de se proteger com roupa adequada que cubra as zonas afetadas ou usar um bom creme protetor com elevada dose de SPF.

Vitiligo - tratamento UV fototerapia

Antes e depois do tratamento com fototerapia UV

Nunca se esqueça de que os raios UV tanto podem melhorar como piorar o problema. Se a exposição aos raios UV for realizada numa clínica ou hospital devidamente equipado e supervisionada por um médico especialista, os resultados obtidos poderão ser razoáveis. Contudo, se não for devidamente acompanhada, a exposição direta ao raios UV poderá ser extremamente prejudicial, podendo piorar significativamente o problema e acelerar a taxa de propagação das áreas afetadas.

Outra opção de tratamento aconselhado em determinados casos é o enxerto dermatológico. Consiste no transplante de pele normal para uma área afetada. Este tratamento só deverá ser utilizado em casos extremos e sempre que a área afetada seja em zonas do corpo que provoquem estigma social ou outros problemas, como por exemplo, a pigmentação da face. Normalmente, sempre que a pigmentação afete áreas escondidas do corpo, a realização de enxertos não é necessária e deverá ser evitada.

Um dos problemas e desvantagem dos tratamentos com fototerapia UV ou enxertos dermatológicos são o seu elevado custo e os riscos cirúrgicos inerentes.

No Brasil, o Dr. Jefferson Alfredo de Barros do Ambulatório de Especialidades da Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo, desenvolveu e aplica um método indolor e não dispendioso de tratamento e cura, com uma percentagem de êxito de 50%. O tratamento consiste na rapagem da área afetada da pele de forma a estimular a pigmentação.

É importante referir e entendermos que a vitiligo não é uma doença contagiosa. A pele pigmentada é saudável. Simplesmente a pigmentação da pele, a melanina, desapareceu. Mas isso não implica que a pele não seja saudável, a não ser que o paciente possua outros problemas dermatológicos.

Terapias com cremes e óleos naturais são as mais eficazes, menos agressivas e mais econômicas.

oleo para tratamento da vitiligo

Exemplo de óleo para tratamento da vitiligo

Existe também a solução de tentar disfarçar o problema com algum tipo de substância cosmética química, tendo o devido cuidado na utilização desses cremes, pois alguns produtos cosméticos podem provocar inflamações ou alergias (ver artigo).

A inflamação pode piorar a vitiligo, por isso é extremamente importante só utilizar produtos cosméticos devidamente certificados. Se você tem dúvidas sobre a qualidade e eficácia de determinado creme deverá consultar e seguir as indicações do seu dermatologista.

A terapia que se tem revelado mais eficaz e menos agressiva é a realizada com óleos e cremes cosméticos à base de plantas e outros produtos naturais.

medicina homeopática (ler artigo), também tem demonstrado uma enorme eficácia.

Terapias psicológicas também poderão ser eficazes na prevenção do desenvolvimento da vitiligo, pois o estresse é uma das causas dessa condição dermatológica.

Converse com o seu dermatologista sobre as diversas opções de tratamento aqui expostos.

Quem leu este artigo, leu também:

– O que é a Vitiligo? Tem cura? Existem tratamentos?

– Métodos naturais para travar ou deter a vitiligo. Existe uma cura natural para o problema?

– Dieta especial para tratamento e cura do Vitiligo.

– Pomadas farmacêuticas para tratar e curar o Vitiligo.

– Homeopatia cura vitiligo.

– Cura da Vitiligo mediante raspagem da pele: 50% de sucesso

2 Responses to “Terapias eficazes para a Vitiligo.”

  1. Miguel Silvestre de Araujo disse:

    Sou de cor clara, apresenta muitas manchinhas branca nos braços e outras escuras e vermelhas, dando uma impressão de envelhecimento da pele.
    O que devo fazer para impedir a evolução destas pequenas manchas e como fazer para eliminar as que já apareceram?

    Atenciosamente

    Miguel Silvestre de Araújo.

    • admin disse:

      Olá Miguel Silvestre de Araujo,
      A primeira coisa a fazer é consultar um especialista na matéria para confirmar o diagnóstico de vitiligo.

Voltar ao início